Posts Populares

Posted by : Ultimecia sábado, 17 de março de 2012

Coluna do Doppelgänger já que as vezes nem com muita vodka dá pra engolir algumas "suspensões de descrença"



Soma é o protagonista de dois Castlevanias (Aria of Sorrow e do Dawn of Sorrow), presente no Harmony of Despair e um dos favoritos dos fãs. E também um com as piores relações interpessoais que alguém pode querer.
Para começar, por algum motivo ele começa o Aria como um estrangeiro vivendo no Japão por um bom tempo já. O jogo também se dá o trabalho de falar que ele é uma pessoa difícil de fazer amizade, que dão um pouco de medo mas mesmo assim ele tem uma única amiga: Mina. E é só isto que sabemos dele.
Ele tem parentes? Vive com os pais? Aliás, que diabos de pais seriam estes que dão o nome de "Soma" para o filho único? Aliás, ele é mesmo filho único ou tem algum irmão gêmeo chamado Minus? Vive com quem? Ao que sabemos, se não fosse a Mina ele seria potencialmente um "Forever Alone" da vida, ainda mais sendo um cara difícil de fazer amizade, estrangeiro e no Japão.
No dia de um eclipse Soma resolve ir ver o evento com Mina, que é uma sacerdotisa de templo Shinto em homenagem a...Eclipses. Por que sempre que você tem alguma e qualquer afinidade com o sobrenatural é uma ótima ideia ficar em templos com sacerdotisas quando alguma coisa significativa está para acontecer. Se for algum evento escuro, melhor ainda.


(Agora vamos tirar umas fotos de fantasmas)

Aliás, se algum dia for para Tokyo, é uma boa ideia passar longe de qualquer templo relacionado a deuses, rituais, proteção contra o mal, festivais pitorescos, histórias estranhas, raposas ou Tanukis
Como o próprio Soma colocou de maneira bem eloquente: "Eu não tenho certeza. Eu atravessei o portão do templo...e BOOM aqui estou". É isto que dá mexer com templos no Japão. Visitou templo de eclipse? Foi parar dentro do eclipse no castelo do próprio Dracula.


(Por que oras bolas)

Ao acordar, ele dá de cara com um homem alto, moreno, misterioso, com feições frias e de terno preto. Qualquer um que jogue video-games ou assista anime sabe que é fria, ainda mais se o misterioso em questão for bishonen. Ele nem se identifica, é a Mina que fala o nome dele já que parece que deixou a educação do lado de fora do eclipse. Ele se identifica como "Arikado" (por que criatividade é para os fracos) e fala umas duas ou três vezes para Soma ir na sala do trono.
Como qualquer pessoa com um minimo de bom senso, Soma pergunta o que está acontecendo e Arikado apenas fala para ele ir na sala do trono. E por algum motivo Soma pode absorver alma dos monstros do castelo e, é claro, fica confuso. Quem não ficaria? A resposta? Ir para a sala do trono. Qualquer coisa que Soma pergunte, Arikado desconversa categoricamente e manda o jovem ir procurar as respostas. Não é como se eles estivessem em um lugar amaldiçoado, cheio de monstros e um deles é um estudante de colegial de 17 anos. Aliás, se você for asiático e não tiver salvado o mundo pelo menos uma vez até seus 14 anos, você é um fracasso. Sorte do Soma que ele é europeu.
A única pessoa ligada ao Arikado que dá alguma resposta é uma mulher chamada Yoko, mas também tudo que ela fala é por que deu com a língua entre os dentes e não teve jeito. Se o Soma fosse um destes sacanas que sabem como manipular uma conversa para onde queira, em 5 minutos ele saberia. Se bem que pelo andar da carruagem, Arikado não falou nem para ela tudo o que sabe. E sempre que pode Yoko também sai pela tangente, em geral fazendo alguma piada que deixa Soma encabulado.


(Nada como spoilers!)

Fora Yoko e Arikado, outra pessoa que deveria saber alguma coisa é um soldado chamado Hammer. Afinal, ele foi enviado pelo exercito para investigar o templo mas pelo visto ele dormiu no briefing: além de não saber o que diabos estava investigando, parecia saber menos que o Soma. Pelo menos ele foi inteligente e resolveu ficar fora do caminho. Consegue imaginar um soldado com uma AK contra um slime? Também não acho que daria certo, ainda mais se não souber usar nada além de armas de fogo.
E já que aparentemente Hammer é a pessoa mais sortuda do lugar já que conseguiu passar ileso por um boss (fácil, mas boss) e acumular uma quantidade de itens aleatórios ele resolveu abrir uma loja. Já que está ferrado mesmo, por que não ganhar uma graninha? Mas se o cara só está lá, parado sem fazer nada vendendo as coisas que achou de graça pelo caminho, por que não simplesmente dá os itens para o Soma? Só por que ele é um adolescente ingenuo, com um casaco fashion e parece estar cheio da grana?


(Sobreviver pra quê se eu posso fazer dinheiro?)

Apenas duas pessoas são realmente de alguma ajuda para Soma entender o que está havendo: uma é um homem chamado J, que tem amnésia. Não que ele comece sabendo muito mais que o Soma, mas não se importa de compartilhar o que sabe. Mesmo depois de recuperar a memória, J (chamado "Julius") continua a falar o que sabe sem ter reservas. É provavelmente a única pessoa do jogo inteiro que não brinca de manipular o Soma (além da Mina, que não faz nada além de dar recados do Arikado).


(Até no futuro amnésia é um plot eficiente)

A outra pessoa que explica muito é um missionário chamado Graham. Na primeira vez que Soma o encontra ele já explica uns 30% do enredo. Como Soma consegue isto? Perguntando. É assim que pessoas civilizadas fazem.
...Pena que o cara não é um dos mocinhos e quando descobre que o Soma não é apenas um garoto que está andando aleatório dando sorte ele pira geral. Tá, isto talvez seja incorreto. Ele já era pirado desde o inicio, só não ficava falando e não via o Soma como uma ameaça, então para que se preocupar? Aliás, ameaça do que?


(Manual do Vilão, capitulo 45, paragrafo 3: Todo vilão tem que ter uma expressão de maniaco e chamar alguém de "fool" pelo menos uma vez na vida)

Como se passar por todo castelo cheio de armadilhas, monstros, espinhos,criaturas sobrenaturais e escapar de mortes horríveis várias vezes sem saber o que está acontecendo na verdade, os poderes de Soma são um pesadelo a parte.
Alguns são mais simples como comer alimentos pobres ou arremessar ossos, outros são bobos como cantar (?) mas vários envolvem transformações corporais extremas como crescer um braço gigante 2 vezes maior que ele mesmo ou virar uma gigante seminua com quatro braços. Qualquer um choraria para a mamãe em uma situação bizarra destas, menos o Soma já que provavelmente ele não tem mãe (snif). Felicidade de qualquer terapeuta.


("Inserir piada de mão boba aqui")

Quando finalmente chega lá em cima, se você fez tudo certo a grande supresa. Se por algum motivo você não zerou ou neste ponto ainda se importa com SPOILERS, por que não parou de ler?
A grande revelação é que Soma era a reencarnação do Dracula o tempo inteiro! Arikado sabia e deixou todo o mundo no escuro o tempo inteiro só porque podia. E que ele tinha algum plano de amadurecer, fortalecer, preparar e toda esta bobagem que o pessoal fala quando deixa alguém fazer o seu trabalho sujo.


(Eu não o culpo de dar um "/foda-se", virar o senhor das trevas e curtir um vinho)

Tudo acaba bem, como esperado. Pessoal mandando mensagens de apoio, não importa oq aconteça você é você mesmo e tudo o mais. E Soma está de volta com Mina para fora do eclipse e o mundo está a salvo de novo. Parabéns para eles.


(Por-do-sois são tão clichês, saca este final de eclipse!)

Agora era de se supor que depois de tudo isto, a tal organização que Arikado, Yoko e Julius pertencem se organizaria melhor. O pior já foi: evitaram que uma profecia catastrófica se realizasse e localizaram a reencarnação do Dracula. Só ficar de olho no Soma e garantir que ele tenha uma vida tranquila, que envelheça em paz e não tenha problemas, certo? Ainda mais que o Arikado conhece a Mina desde que ela era criancinha e o próprio Soma não querer mais encrenca, fica ainda mais fácil. Não tem como errar, certo?
...Até que uma maluca aparece e tenta atacar o Soma e a Mina, só para atraí-lo para uma armadilha. Para uma organização que existe há pelo menos algumas décadas fazem um serviço bem amador.


(Mas não é assim em todos os Castlevanias? Ah, Portrait of Ruin não, disfarça)

Desta vez Arikado faz algo inteligente e resolve deixar o Soma de fora. Não que adiante muito, basta ele dar um telefonema para o Hammer e consegue a localização do esconderijo da tal fulana chamada Celia, que tem uma seita religiosa como de costume e sérios problemas de pele.


(Desde Symphony of the Night eles amam falar esta frase ou algo parecido)

Soma não parece tão a fim de ir, mas já que estão ameaçando a segurança da Mina (Lembre-se! Família inexistente! Ou não se importa) e é bem provável que continuem cutucando ele, finalmente decidiu por conta que a melhor defesa é o ataque. Pelo menos desta vez ele sabe o que está acontecendo (por que Arikado não teve como planejar pelas costas dele) e se sujeita de novo a situações muito parecidas com as de antes.


(E mais comida estragada guela abaixo também)

Os aliados? Yoko aprendeu a lição: ela é alérgica a punhais na barriga, então melhor abrir uma loja. Hammer também resolveu abrir uma loja pra ajudar seu amigo, mas também porque está desempregado e pode ficar secando a Yoko. Mas seria bem legal ver o Hammer com uma bazuca contra alguns bichos mais chatos no modo "Julius", isto seria.


(E seria melhor que Contra 4)


Julius continua o mesmo de sempre: não esconde nada, fala o que é preciso. Logo no primeiro encontro já alerta o Soma que se ele sucumbir aos poderes das trevas, vai matá-lo. Por que não se pode ter outros aliados assim? Ah, espera. BELMONT


(Dane-se, quero ser um Belmont também!)

No esconderijo de Celia antes mesmo de ver o Arikado já se ouve ele chamando o Soma irritado e dando bronca. De "alto, moreno e misterioso" ele virou a babá aflita. Alguém precisa se decidir: ou obriga o Soma a fazer tudo ou o mantém fora de perigo de uma vez! Pelo menos ele (diz que) deixou uns agentes de olho na Mina. Se forem do mesmo nível dos agentes que deveriam manter a Celia e seus capangas longe do Soma é a mesma coisa que nada.
Mas vindo do Alucard não dá pra falar muito. No radio-sequel do Symphony of the Night a Maria só fica sabendo do nome verdadeiro dele por que o Archer/Kuroshitsuji/Incubus-com-voz-sexy-vilão falou para provocá-la. Se nem mesmo para falar um nome o cara consegue, imagina o resto.


(Alucard, o príncipe das respostas meia-boca e esquivas estratégicas)

Como sempre, sobra para o Soma fazer o trabalho todo já que o Arikado ficou acordado por alguns séculos justamente para prevenir que situações como estas acontecessem e fez um servicinho bem porco. O que ele estava fazendo neste meio-tempo?


(Talvez ajudando o Juste a redecorar uma sala em uma das side-quests mais sem sentido de toda a série? Ou lavando o cabelo, quem sabe?)

Alucard, faz um favor? Bota o pijaminha e volta a dormir por que está difícil.
No final só mesmo o Julius fez alguma coisa útil: ajudar Soma a atravessar barreiras em ambos os jogos e servir de plano B para caso ele falhasse. Será que se fosse ele o jogo não seria bem menos problemático?


(Sinta o poder do clã Belmont! ..e amigos)

Com aliados como os do Soma, sorte a dele não ter pirado.


(Se bem que...Deixa pra lá)

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © - Ultimecia's Castle - - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -